Cerca de mil moradores da região Sul do Rio Grande

HomeBrasil

Cerca de mil moradores da região Sul do Rio Grande

Cerca de 1,1 mil clientes da CEEE Equatorial estão há 12 dias sem energia elétrica no interior do estado. Conforme noticiou a RBS, a previsão da empresa é de que a energia retorne na próxima sexta-feira (5).

Continua após publicidade

A situação começou com o temporal que se abateu sobre o estado no dia 21 de março. A maioria dos que continuam sem energia elétrica residem no interior dos municípios e grande parte deles exercem atividades em que a energia elétrica é essencial.

Continua após publicidade

Em Cerrito, grande parte dos produtores de leite perderam a produção de dois dias, logo após instalaram geradores de energia para tocar seus resfriadores, porém vem gastando cerca de 20 litros de óleo diesel por dia, ao custo de R$ 6,00 o litro. Uma produtora que não se identificou, explicou que já foram mais de 200 litros de diesel, o que totaliza um prejuízo, até esta segunda-feira (1), de R$ 1,2 mil.

Continua após publicidade

Outro problema relatado pelos moradores da região é a falta de água potável, a maioria tem poços que utilizam a energia elétrica para puxar a água. Cristiano Rosler, 43 anos, professor de História, relatou que a falta de energia elétrica fez com que ele não pudesse usar uma bomba para retirar água de um poço artesiano responsável por abastecer a caixa d’água da propriedade.

“Tens como imaginar uma Páscoa com chocolate, mas sem luz e água? Como fazer um churrasco, lavar louça, tomar banho? Estou carregando o celular no acendedor de cigarro do carro. Estou usando lampião a gás para ter luz à noite e pegando água do açude para tomar banho. Minha Páscoa foi inesquecível no sentido negativo”, contou ele a ZH.

Nota da CEEE Equatorial

Em nota enviada a imprensa no domingo (31), a CEEE Equatorial informou que ainda são 1,1 mil clientes sem energia elétrica no estado devido a desligamentos de alimentadores. Foi regularizado o fornecimento para 58,9 mil, desde a ventania que atingiu as regiões Metropolitana, Carbonífera e Centro-Sul na sexta-feira (29). 

Segundo a empresa, os municípios mais afetados são Viamão, Guaíba, na Região Metropolitana, e Camaquã, no Sul. “As equipes da CEEE Equatorial permanecem nas ruas, trabalhando com agilidade para normalizar a situação o mais rápido possível”, diz a nota enviada à imprensa. A empresa só não explicou porque ainda não solucionou os problemas iniciados com a ventania de 12 dias atrás.

Fonte: BdF Rio Grande do Sul

Edição: Katia Marko



Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS