Doação de órgãos agora pode ser autorizada pela internet

HomeBrasil

Doação de órgãos agora pode ser autorizada pela internet

Uma ferramenta digital para registro de autorização de doação de órgãos foi lançada nesta terça-feira (2) e já está disponível para toda a população maior de 18 anos. A iniciativa é uma parceria entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Colégio Notarial do Brasil e compõe a campanha “Um Só Coração: seja vida na vida de alguém”.

Continua após publicidade

Por meio de um formulário eletrônico, as pessoas interessadas protocolam o desejo de entrar para a lista de potenciais doadores e doadoras. As informações são repassadas ao cartório de notas selecionado. A manifestação de vontade é gravada por videoconferência e as assinaturas são colhidas digitalmente.

Continua após publicidade

A partir daí, o dado fica disponível para consulta a profissionais do Sistema Nacional de Transplantes. A ferramenta permite a escolha de qual órgão  será doado, entre medula, intestino, rim, pulmão, fígado, córnea, coração ou todos.

Continua após publicidade

:: Brasil tem maior sistema público de transplantes do mundo, mas ainda enfrenta obstáculos ::

Todo o processo é gratuito e pode ser realizado pelo site www.aedo.org.br. Os objetivos principais da iniciativa são agilizar e ampliar as doações no Brasil. Hoje, mais de 42 mil pessoas aguardam por um transplante. Em 2023, três mil óbitos poderiam não ter ocorrido se houvesse disponibilidade de órgãos.

A plataforma de registros não substitui, no entanto, a vontade da família. Por lei, a doação no Brasil precisa ser autorizada por familiares da pessoa falecida. O site do CNJ disponibilizou um tira dúvidas com mais detalhes sobre essa e outras questões. Acesse aqui.

Edição: Nicolau Soares



Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS