Julgamento de homem que matou petista em Foz é adiado para 2 de maio

HomeCongresso

Julgamento de homem que matou petista em Foz é adiado para 2 de maio

Defesa de Jorge Guaranho pediu a convocação de testemunha importante e argumentou pouco tempo para conversar com acusado

A Justiça do Paraná adiou o julgamento de Jorge Guaranho, acusado de matar Marcelo Arruda, ex-tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu (PR), durante sua festa de aniversário em julho de 2022. O júri popular começaria nesta 5ª feira (4.abr.2024), mas foi adiado para 2 de maio.

A defesa de Guaranho pediu a convocação de uma testemunha considerada importante para a investigação do caso.

Marcelo foi candidato a vice-prefeito em 2020. Guaranho é apoiador do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e trabalhava como policial penal no presídio federal de Catanduvas. Ele está preso no Complexo Hospitalar Penal de Pinhais (PR).

A expectativa da promotoria é a de que Guaranho seja condenado por homicídio duplamente qualificado. A pena pode chegar a 30 anos de prisão. “Trata-se de um caso de intolerância política partidária, crime de ódio, e que foi gravado. Tudo isso e as testemunhas vêm a corroborar que essa pessoa o atingiu por uma banalidade”, disse ao Poder360 o advogado Rogério Oscar Botelho, que atua na acusação.

A acusação deve usar as gravações de câmera de segurança, que mostram Marcelo sendo alvejado, e transcrições de leitura labial das imagens.

FIM DE UM “CICLO DOLOROSO”

A família de Marcelo afirma que o julgamento é o fim de um “ciclo doloroso”.

Irmão de Marcelo, Luís Arruda disse ao Poder360 que não irá ao júri popular por “não ter forças” para ver novamente as gravações. “A sensação é de uma possibilidade de Justiça. Casos assim demoram anos para serem julgados e fomos contemplados com a maior agilidade do processo. Para nós [família], é o encerramento de um ciclo. Esperamos a condenação com pena máxima”, disse.

Luís declarou não ter “condições psicológicas” de participar do julgamento porque embora não tenha ido à festa do irmão, sua mulher e seu filho, à época com 14 anos, participaram do evento. O adolescente, que aparece nas gravações, morreu em 2023 com meningite.

Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS