Marília Arraes anuncia apoio à reeleição de João Campos no Recife

HomeCongresso

Marília Arraes anuncia apoio à reeleição de João Campos no Recife

Primos e ex-adversários no último pleito municipal tiveram campanha marcada por ataques mútuos; ambos apoiaram Lula em 2022

A ex-deputada federal Marília Arraes (Soliedaridade-PE) anunciou nesta 3ª feira (2.abr.2024) o apoio à reeleição de João Campos (PSB) pela Prefeitura do Recife (PE). Ambos disputaram o cargo no último pleito municipal, em 2020, em uma campanha marcada por ataques mútuos.

Além de ex-adversária, Marília Arraes é prima de 2º grau de João Campos. Ambos são descendentes do ex-governador do Estado, Miguel Arraes, uma das principais figuras políticas da região.

Quando as forças políticas se juntam, quem sai ganhando é a nossa cidade“, disse João Campos em vídeo publicado nas redes sociais para formalizar o apoio.

Assista (2min49s):

O prefeito de Recife e Arraes já haviam se reconciliado em 2022, sob a alçada do apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência.

João Campos também apoiou a candidatura de Arraes para governadora de Pernambuco, em 2022. Ela chegou a ter maioria dos votos no 1º turno, mas perdeu de virada para Raquel Lyra (PSDB).

Em 2020, Marília Arraes concorreu à Prefeitura do Recife pelo PT (Partido dos Trabalhadores). Ficou em 2º lugar contra João Campos por uma diferença de cerca de 30.000 votos. O 2º turno foi marcado por troca de acusações entre os 2. O atual prefeito venceu com mais de 47% dos votos.

“Marília sempre foi uma política muito altiva, que defende o que realmente acredita e que sabe lutar pelas iniciativas em favor de quem mais precisa. Alguém que encabeça lutas muito importantes, como o direito das mulheres no Congresso Nacional, e que sempre esteve ao lado da democracia”, disse Campos no anúncio.

Arraes deixou o PT e hoje integra o Solidariedade, que também deve compor a base de apoio à reeleição de Campos. Segundo levantamento da Paraná Pesquisas, o atual prefeito da capital pernambucana tem 64,4% das intenções de voto.

Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS