Mortes devido às enchentes no RS chegam a 149; Lula volta ao

HomeBrasil

Mortes devido às enchentes no RS chegam a 149; Lula volta ao

Com um novo óbito confirmado, chega a 149 o número de mortes decorrentes das enchentes que atingem o Rio Grande do Sul. O dado foi publicado no último boletim da Defesa Civil, por volta das 18h30 desta terça-feira.

O boletim apontou ainda alta no número de pessoas em abrigos, de 76.884 para 79.494. Já o número de desalojados (pessoas alocadas na casa de familiares ou amigos) caiu de 538.545 para 538.245.

Mantiveram-se iguais os números de desaparecidos (124), feridos (806), de pessoas resgatadas (76.483) e de animais resgatados (11.002). Tampouco alterou-se o número de municípios atingidos, que chega a 446 das 497 cidades gaúchas.

Os últimos dados apontam ainda uma alta no nível de água do Guaíba, que já chega a 5,23 metros. A cota de inundação do centro histórico de Porto Alegre ocorre em 3 metros. Os demais rios monitorados mantiveram níveis de água estáveis ou apresentaram queda.

O estado permanece em alerta diante das previsões do clima. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), fortes chuvas acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento podem atingir Santa Catarina e Rio Grande do Sul a partir da sexta-feira (17).

Lula volta ao estado

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai voltar ao Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (15). Na ocasião, ele vai anunciar novas medidas de apoio à população gaúcha. A expectativa é que seja criado um auxílio financeiro temporário para as pessoas afetadas pela catástrofe climática. O valor não foi informado.

Além disso, o governo federal vai apontar um representante para atuar de forma permanente no estado enquanto durar a calamidade pública no estado, que sofre com enchentes desde o dia 29 de abril. A ideia é que a autoridade coordene uma estrutura administrativa das ações federais na região. 

 

Edição: Thalita Pires



Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS