Oposição critica Lula por redução de orçamento para combater a dengue

HomeJustiça

Oposição critica Lula por redução de orçamento para combater a dengue

Ciro Nogueira, presidente do PP, diz que o petista transformou o Ministério da Saúde em comitê de campanha; redução foi de 61% em 2023

A oposição ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou a redução em 61% nos recursos com campanhas de prevenção contra a dengue em comparação com 2022, na administração do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Em 2022, os gastos com campanhas de esclarecimento sobre a dengue foram de R$ 31,6 milhões (em valores corrigidos pela inflação). Em 2023, o valor foi de R$ 12,2 milhões. Já há mais de 2,6 milhões de casos registrados no país e mais de 1.000 mortes confirmadas.

O presidente do PP (Partido Progressistas), senador Ciro Nogueira (PI), disse em seu perfil no X (ex-Twitter) que a explosão de casos e sofrimento dos brasileiros com a doença é resultado da redução do gasto. Segundo ele, o PT (Partido dos Trabalhadores) transformou o Ministério da Saúde em comitê de campanha. E declarou: “E a Saúde? Ora, o que importa é a máquina e não o povo”.

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) afirmou que vai enviar ao Ministério da Saúde um requerimento de informações pedindo esclarecimento do processo de tomada de decisão nesses gastos que, para ele, não deram certo. Para o congressista, o governo petista prefere investir em vacinação obrigatória contra covid em crianças, do que em informação e vacinação contra a dengue.

Leia outras manifestações sobre:

  • Marcelo Queiroga, ex-ministro da Saúde de Bolsonaro:

Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS