‘Por pouco o tiro não acerta em mim’

HomeÚltimas Notícias

‘Por pouco o tiro não acerta em mim’

Abalado, âncora da Record cai no choro ao vivo após tentativa de assalto

João Fernandes, âncora da TV Correio, afiliada da Record na Paraíba, revelou nesta terça-feira, 02/04, que sofreu uma tentativa de assalto. Ao vivo, ele revelou detalhes do susto que passou e ficou bastante abalado.




João Fernandes, âncora da TV Correio, afiliada da Record na Paraíba

Foto: Reprodução/ TV Correio / Márcia Piovesan

João Fernandes sofreu uma tentativa de assalto e chorou ao relatar o susto durante jornal ao vivo nesta terça (2). Apresentador do Correio Manhã, o jornalista foi abordado por três bandidos armados antes de chegar à emissora e, no susto, fugiu e teve seu veículo alvejado.

“A gente começa o Correio Manhã nesta terça falando de uma tentativa de assalto que aconteceu agora pela madrugada na Rui Carneiro, na altura do bairro Brisa Mar, aqui na capital”, iniciou ele. “Três bandidos invadiram a pista para tentar parar um veículo –os veículos que estavam passando pela avenida para tentar assaltar… Só que há um detalhe nessa história: a pessoa que estava passando era eu”, revelou.

João afirmou que foi abordado pelos bandidos e teve seu veículo alvejado. “Tentaram parar o meu carro, e eu assustei na hora. Eu só vi os três entrando na minha frente, um deles armado. Na hora, eu não soube o que fazer, eu apenas acelerei o carro. Apenas acelerei com medo. Foi quando eu ouvi um disparo”, contou.

Maldade!

O apresentador do Correio Manhã afirmou que atiraram por maldade. “É o que eu sempre falo e repito aqui no programa: quando não dá certo o assalto, eles atiram por pura maldade. O tiro acertou bem aqui, na lateral do meu carro, bem no vidro lateral”, relatou.

“Desde quando eu cheguei aqui à Paraíba, eu faço o mesmo caminho, por pensar que era o mais seguro. Nessa madrugada, 4h10 da manhã, o horário que eu passo sempre, aconteceu esse ataque. E pensar que o cara que atirou, que para mim era um menor de idade, atirou para acertar, para matar. É maldade. Por pouco o tiro não acerta em mim. Por muito pouco”, comentou.

Fonte: clique aqui.
Você bem informado!

COMMENTS