Presidente do Fed prevê primeiro corte na taxa de juros apenas no 4º trimestre de 2024

HomeInternacional

Presidente do Fed prevê primeiro corte na taxa de juros apenas no 4º trimestre de 2024

Powell enfatizou que os juros atuais nos EUA são apropriados para lidar com os riscos, e que a economia americana está em um caminho de crescimento sólido

Jim Lo Scalzo/EFE
Presidente do Fed reiterou que prevê primeiro corte na taxa de juros apenas no 4º trimestre deste ano

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, reiterou em discurso nesta quarta-feira (3), que prevê o primeiro corte na taxa de juros apenas no 4° trimestre deste ano. Powell enfatizou que os juros atuais nos EUA são apropriados para lidar com os riscos, e que a economia americana está em um caminho de crescimento sólido, com inflação próxima a 2%. Ele destacou a importância de manter o foco nas metas de inflação e pleno emprego. Além disso, Jerome mencionou que o Fed está monitorando o risco de pressão para ampliar seu papel em relação às mudanças climáticas, mas ressaltou que não é responsável por formular políticas climáticas. A instituição demonstra estar comprometida na recuperação econômica para garantir a estabilidade financeira. Por fim, Powell destacou a importância de manter a transparência e a comunicação eficaz com o público e os mercados financeiros, com objetivo de garantir a confiança na política monetária do Fed.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

A próxima reunião do Fed será entre 30 de abril e 1º de maio. Na última reunião do Federal Open Market Committee (Fomc), órgão responsável por fazer a supervisão e o controle das operações de mercado aberto no mercado financeiro americano, no mês março, as autoridades mantiveram a taxa de juros na faixa entre 5,25% e 5,5% e continuaram a prever três cortes este ano. Mas a força dos dados de inflação no início do ano colocou em dúvida quando o Fed pode dar início aos cortes e até onde ele poderá ir.

*Conteúdo produzido com auxílio de IA

Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS