Propatilnitrato: para que serve e como usar

HomeLifestyle

Propatilnitrato: para que serve e como usar

Propatilnitrato é um vasodilatador indicado para o tratamento de crises agudas de angina pectoris, pois dilata os vasos sanguíneos periféricos e coronarianos, melhorando o fluxo de sangue, e aliviando a dor no peito.

Além disso, esse remédio também pode ser usado para prevenir de crises de angina induzidas por exercício físico em pessoas com insuficiência coronariana, melhorando a tolerância ao exercício.

Leia também: Dor no peito: 11 causas (e quando pode ser infarto)


tuasaude.com/dor-no-peito

O propatilnitrato pode ser encontrado em farmácias ou drogarias na forma de comprimido sublingual, contendo 10 mg de propatilnitrato, com o nome comercial Sustrate e deve ser usado somente com indicação do cardiologista, nas doses e pelo tempo de tratamento recomendado pelo médico.


Para que serve

O propatilnitrato é indicado para:

  • Tratamento de crises de angina pectoris;
  • Prevenção de crises de angina pectoris induzida pelo exercício em pessoas com insuficiência coronariana.

Esse remédio, da mesma forma que a nitroglicerina, age dilatando os vasos sanguíneos periféricos e das artérias coronárias, melhorando o fluxo de sangue, o desempenho do coração e a tolerância ao exercício físico.

Leia também: Doença arterial coronariana: o que é, sintomas e tratamento


tuasaude.com/doenca-coronariana

Como usar

O propatilnitrato deve ser usado por via sublingual, colocando o comprimido debaixo da língua até que seja completamente dissolvido. 

As doses normalmente recomendadas para adultos é de 1 comprimido sublingual de propatilnitrato 10 mg, 3 ou 4 vezes por dia, de acordo com a recomendação do cardiologista.

A dose máxima diária não deve ultrapassar 40 mg, que corresponde a 4 comprimidos por dia.

Leia também: Via sublingual: o que é, para que serve, vantagens e desvantagens


tuasaude.com/via-sublingual

O efeito do propatilnitrato ocorre cerca de 2 a 3 minutos após o uso do comprimido sublingual.

Posologia do propatilnitrato

A posologia do propatilnitrato para o tratamento ou crises agudas de angina pectoris em adultos são:

1. Tratamento de crise aguda de angina pectoris

Nos casos de crise aguda de angina pectoris, o médico pode recomendar usar o comprimido sublingual, assim que surgem os primeiros sintomas, e repetir a cada 5 minutos até o alívio dor no peito. 

Leia também: Angina: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento


tuasaude.com/angina

Caso a dor não melhore após o uso de 3 comprimidos, no período de 15 minutos, deve-se ir imediatamente ao pronto-socorro.

2. Prevenção de crises agudas

O propatilnitrato também pode ser usado para prevenir crises agudas de angina pectoris em pessoas com insuficiência coronariana.

Nesses casos, o cardiologista pode recomendar usar 1 comprimido sublingual cerca de 5 a 10 minutos antes de iniciar os exercícios físicos.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns do propatilnitrato são dor de cabeça, tontura, vertigem, sensação de fraqueza, palpitação cardíaca, aumento dos batimentos cardíacos, inquietação ou vermelhidão na pele.

Além disso, embora seja mais raro, também pode ocorrer náuseas, vômitos, sudorese, pele fria, pálida ou azulada, dificuldade respiratória ou desmaio.

Quem não deve usar

O propatilnitrato não deve ser usado por pessoas que tenham glaucoma, sintomas agudos de infarto, insuficiência cardíaca congestiva, hemorragia ou traumatismo cerebral, ou aumento da pressão intracraniana.

Esse remédio também não deve ser usado por pessoas que tenham cardiopatia hipertrófica obstrutiva ou que usam remédios inibidores da 5-fosfodiesterase, como sildenafil ou tadalafila, por exemplo.

Durante a gravidez ou amamentação, o propatilnitrato só deve ser usado se indicado pelo médico.

O propatilnitrato também não deve ser usado por pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes do comprimido.

Fonte: clique aqui.
Você bem informado!

COMMENTS