Senadores pedem que PF investigue suposta manipulação no Brasileirão

HomeCongresso

Senadores pedem que PF investigue suposta manipulação no Brasileirão

Congressistas querem que polícia apure declarações do dono da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) do Botafogo, John Textor, com acusações sobre o campeonato

Senadores enviaram nesta 4ª feira (3.abr.2024) um pedido à PF (Polícia Federal) para que seja realizada uma investigação sobre as declarações do dono da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) do Botafogo, John Textor, sobre uma suposta manipulação de partidas do Brasileirão 2023. O empresário está fazendo denúncias sem apresentar provas até o momento.

O documento encaminhado pelos congressistas será avaliado pela PF. Cabe ao diretor da instituição, Andrei Rodrigues, decidir se abre ou não uma investigação. Eis a íntegra (PDF – 218 kB) do pedido.

“Solicito formalmente que a Polícia Federal inicie uma investigação completa e rigorosa sobre as denúncias feitas, e obtenha as referidas provas, se elas de fato existirem, com o objetivo de esclarecer os fatos. Por fim, se necessário, que seja promovida a devida responsabilização dos envolvidos”, diz um trecho do documento assinado pelo líder do PSB no Senado, Jorge Kajuru (GO), e pelo líder do Novo, Eduardo Girão (CE).

As falas de Textor são alvos de investigação da Justiça Desportiva. No entanto, o empresário não apresenta provas e ignora os pedidos do órgão. Alega que só vai apresentar provas ao MPF (Ministério Público Federal).

O envio do pedido foi anunciado por Kajuru no plenário do Senado na 3ª feira (2.abr). Depois do anúncio, Girão e o líder do PL, Carlos Portinho (RJ), pediram para assinar o documento. No pedido, no entanto, a assinatura de Portinho ainda não consta.

Kajuru sugeriu a prisão de Textor caso ele não comprove as acusações que fez. “Ressalto que a credibilidade e a lisura do futebol brasileiro estão em jogo, bem como a confiança da sociedade nas instituições responsáveis por zelar pela justiça e pela integridade do nosso país. Por isso, conto com o empenho e a diligência da Polícia Federal na condução deste caso”, diz outro trecho do pedido.

Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS